Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Este é um blog sobre tudo e sobre todos... Culinária, Fitness, Moda, Viagens, Desporto, Atualidade, Animais, Ensino, Entretenimento, Fotografia, etc...

As crónicas dos Clifton 7 - ESTE FOI UM HOMEM

Este é o último livro destas crónicas e termina de forma surreal e inimaginável. Gosto que assim seja e que me surpreenda.     EmWhitehall, o secretário do Gabinete dá a conhecer a Giles Barrington a verdade sobre a sua esposa Karin. Será uma espia ou um peão de um jogo maior? Entretanto, Harry Clifton propõe-se escrever o seu magnum opus, enquanto Emma, que completa dez anos como presidente do Royal Infirmary de Bristol, recebe uma chamada inesperada de Margaret Thatcher a (...)

As crónicas dos Clifton 6 - CHEGADA A HORA

Chegada a Hora é o penúltimo livro das Crónicas dos Clifton e, à semelhança dos anteriores, todos eles nº 1 do top britânico, mostra o extraordinário talento de Jeffrey Archer como contador de histórias. O bilhete de suicídio com que abre este livro tem consequências arrasadoras para Harry e Emma Clifton, assim como para Giles Barrington e Lady Virginia. Giles tem de decidir se vai desistir da política para tentar salvar Karin, a mulher que ama, do outro lado da Cortina de (...)

As crónicas dos Clifton 5 - MAIS PODEROSA QUE A ESPADA

Quando acabei o 4º livro, fui logo buscar o seguinte, tal era a empolgação para saber o que tinha acontecido.   Uma bomba do IRA explode durante uma viagem transatlântica do Buckingham. Quantos passageiros terão perdido a vida? Quando está de visita à sua editora nova-iorquina, Harry Clifton fica a saber que foi eleito presidente do PEN britânico e começa imediatamente uma campanha para libertar outro escritor, Anatoly Babakov, preso na Sibéria. Por que crime? Por escrever um (...)

As crónicas dos Clifton 4 - CUIDADO COM O QUE DESEJAS

O 4º livro desta saga foi devorado em 3 tardes de praia. Foi o que li mais rápido, pois tem muita ação e desenvolvimento. Ao mesmo tempo é angustiante...   HarryClifton e a sua mulher, Emma, correm para o hospital para saber o destino do filho Sebastian, envolvido num acidente fatal. Mas quem morreu? Sebastian ou o seu melhor amigo Bruno? Quando Ross Buchanan é obrigado a deixar a presidência da Barrington Shipping Company, Emma Clifton quer tomar o seu lugar. Mas Don Pedro (...)

As crónicas dos Clifton 3 - O SEGREDO MAIS BEM GUARDADO

O 3º livro desta saga reponde a muitas perguntas que ficaram por responder nos livros anteriores, mas também levanta muitas mais. Em 1945, na Câmara dos Lordes, a votação para a atribuição da fortuna dos Barrington acabou em empate. Harry regressa à América para promover o seu novo romance, ao passo que a sua amada Emma parte à procura da menina que foi encontrada abandonada no gabinete do seu pai na noite em que ele foi assassinado. Quando chegam as eleições gerais, Giles (...)

As crónicas dos Clifton 2 - OS PECADOS DO PAI

Este foi o que mais gostei até agora, um livro cheio de conteúdo e um romance épico.   A Grã-Bretanha está na iminência de declarar guerra à Alemanha. Harry Clifton, na esperança de fugir às consequências de um escândalo familiar e percebendo que nunca poderá casar com Emma Barrington, alista-se na marinha mercante. Quando um submarino alemão afunda o seu navio, Harry e um punhado de marinheiros, entre eles um americano chamado Tom Bradshaw, são salvos pelo Kansas Star. (...)

As crónicas dos Clifton 1 - SÓ O TEMPO DIRÁ

Que maravilha estas crónicas dos Clifton de Jeffrey Archer. São 7 livros e pelo que já li até aqui, um é melhor do que o outro. Tem sido um devorar de páginas... Já vou para o 5º.  Este é o primeiro livro que narra a vida de Harry Clifton desde os anos 20.Harry nunca conheceu o pai, que morreu na guerra, e é criado pelo tio nas docas. Uma inesperada bolsa de estudo faz com que a sua vida mude radicalmente. Já adulto, descobre a verdade sobre a morte do pai, mas também surge (...)