Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Este é um blog sobre tudo e sobre todos... Culinária, Fitness, Moda, Viagens, Desporto, Atualidade, Animais, Ensino, Entretenimento, Fotografia, etc...

Mas só há praia no Algarve?

Ontem, no cabeleireiro, a minha cabeleireira perguntou-me:

- Então, quando vai de férias?

Eu respondi:

- Para a semana já espero colocar o rabiosque a apanhar sol...

Ela:

- Vai para o Algarve?

Eu:

-  Não. (como não gostei da pergunta não desenvolvi e respondi simplesmente "não")

Ela:

- Ah, então vai para o estrangeiro....

Eu:

 - Também não!

Ela:

- Então?

Eu:

- Vou para o meu paraíso e não o troco por nada, nem pelo Algarve, nem pelo estrangeiro!

 

E ficámos por  aqui na conversa, e ela sem saber onde fica o meu paraíso. A verdade é que realmente não o troco por nada. E irrita-me as pessoas pensarem que só as praias do Algarve é que são boas e o resto não presta... Há por aí praias tão lindas ao longo da nossa costa que não entendo o fascínio que algumas pessoas têm pelo Algarve. E quando pergunto o porquê de irem para o Algarve, a conversa é sempre a mesma, porque a água é mais quente... lol e eu a saber que essas pessoas nem os pés molham... Conclusão:  acham que é chique dizerem que vão para o Algarve de férias e que até têm piscina na casa que alugararm, mas depois esquecem-se de dizer que não tem água.... lol

Eu, nas férias de verão quero paz, sossego e descanso e é isso que o meu paraíso me dá e não abdico disso por nada.. é tão bom estar na praia e não saber se é terça, quarta ou até domingo, sim, porque lá o movimento é sempre o mesmo, em qualquer dia da semana... é tão bom estar na areia e ouvir apenas o mar, sem ouvir a conversa dos vizinhos... é tão bom estar na praia e no pinhal ao mesmo tempo... é tão bom dar longos passeios à beira-mar sem me preocupar com o que deixei nas toalhas...é tão bom não ter que pegar no carro e andar sempre a pé... é tão bom estar no meio da natureza...  é tão bom ver este pôr-do-sol:

5 092.JPG

 

Aqui falei um pouco mais sobre este meu paraíso.

 

 

Sol de Verão - Tarte de Espinafres

Vi esta maravilha aqui, e claro que tive que a fazer... Ficou tão boa, que vou repeti-la um dia destes. Vou também aceitar uma sugestão e fazê-la doce, com nutela e côco. Até já estou a salivar!!! 

 

IMG_1527.JPG

IMG_1528.JPG

  

Receitinha: 

 

2 massas folhadas redondas 
300g espinafres cozidos, bem escorridos
250g queijo ricotta 
1 ovo
100g queijo parmesão (ou outro, como Ilha/mistura de 3 ou 4 queijos)
Pão ralado q.b.
Sal e pimenta preta q.b.
Farinha q.b., para polvilhar
Gema de ovo com uns pingos de leite ou água, para pincelar

 

Ligue o forno a 180º.

Coza os espinafres, escorra-os bem e depois pique-os.  Junte o queijo ricotta e o ovo e envolva.  De seguida junte o queijo parmesão ralado. Envolva bem e tempere com sal e pimenta. Reserve.

Retire a massa folhada do frigorífico 10 minutos antes de a usar. Descole a massa do papel vegetal e salpique o papel com um pouco de farinha. Recoloque a massa sobre o papel vegetal polvilhado - isto facilita na hora de torcer as extremidades para fazer o sol. 

Polvilhe a massa com um pouco de pão ralado. Coloque algum recheio no centro da massa e o restante a toda a volta, criando um círculo a cerca de dois dedos da extremidade da massa.

Cubra com a segunda massa folhada. Coloque uma taça pequena no centro, ligeiramente maior que o diâmetro ocupado pelo recheio, com a abertura virada para baixo, calcando um pouco, para que as massas se unam. Para a taça não colar, pode polvilhar essa parte, muito ao de leve, com um pouco de farinha.

Pique a massa, a toda a volta da taça, com um garfo. Pressione as extremidades da massa, para se unirem, e calque com os dentes de um garfo.

Use uma faca muito bem afiada para cortar fatias com cerca de 3 cm de largura, fazendo o corte do interior para o exterior. Deverá ter, no total, cerca de 20 fatias.

Transfira, com o papel de baixo, para o tabuleiro onde irá assar. Rode cada fatia a 90º, para que o recheio fique em contacto com o papel. Retire a taça do centro da massa, pique esse centro com um garfo e pincele toda a massa com gema de ovo diluída num pouco de água.

Leve ao forno durante 30 minutos. 

Na hora de servir, morna ou fria, basta agarrar um fatia e rodá-la para ela se soltar.

 

Bom Apetite!!

 

Para ver a receita passo a passo, clique aqui.

Cavalhadas de Vildemoinhos

Hoje, dia 24 de Junho, saem à rua, pela  363º vez, as Cavalhadas de Vildemoinhos. Trata-se de um cortejo, que percorre as ruas da cidade de Viseu, e que é realizado pelas gentes da freguesia de Vildemoinhos, como forma de agradecimento a S. João. É uma tradição muito antiga que faz delirar os Viseenses, pequenos e graúdos, que esperam pelas ruas da cidade a passagem dos carros alegóricos.

cavalhadas 2015.png

 

Enquadramento Histórico

      As cavalhadas de Vildemoinhos tiveram a sua origem no ano de 1652.

      Reza a história, que nesse ano, os moinhos existentes ao longo do rio Pavia estavam parados, porque a água do rio não corria. Isto por culpa dos agricultores, alguns mal intencionados, que fizeram açudes e represaram a água do rio Pavia. Os agricultores necessitavam da água para regarem as suas culturas e os trambelos (habitantes de Vildemoinhos) necessitavam da água para fazerem mover as mós que moíam os cereais em Vildemoinhos. Esta situação originou vários tumultos entre os moleiros e os agricultores, acusando-se mutuamente.

         Sem resolução à vista, os moleiros, na noite do santo Precursor, sob o pretexto de o festejarem, reuniram-se pela madrugada, com gente da cidade e dirigiram-se à capela de São João da Carreira, onde fervorosamente rezaram ao santo, rogando-lhe que desse ao Pavia um volume de água suficiente para todos. Foram também rio acima e destruiram os açudes e puseram de novo a água a correr. Assim, os moinhos tornaram a moer e estava assegurado o sustento deste povo. Os proprietários reclamaram ao juiz do povo e, após vários recursos apresentados,  as autoridades de Lisboa deram razão aos moleiros. Estes deliraram de entusiasmo e resolveram ir, na noite de 23 para 24 de junho, em luzida cavalgada a São João da Carreira, agradecer ao santo. Para isso vestiram os seus melhor fatos, enfeitaram de fitas burros e cavalos e, levando à frente um grande “Estrondo”, puseram-se em marcha, com todos os seus serviçais, atrás deles, armados de alavancas, sacholas e roçadoiras bem encavadas, não fosse o diabo tecê-las pelo caminho.

         É a esta vitória sobre os agricultores que os trambelos agradecem a São João e renovam todos os anos com as cavalhadas e com a festa na freguesia.

 

         Atualmente, a temática das cavalhadas é constituído por três temas, tradicionais, humorísticos e artísticos. Estes temas sempre foram representativos do que de mais importante e relevante se passava na sociedade. Desde o amor, passando pela política e as questões da nação entre outros, sempre foram temas explorados pelos construtores dos carros das cavalhadas.

         As cavalhadas evoluíram, de um cortejo de gente de Vildemoinhos que vinha à cidade com animais e carroças engalanadas, para um desfile de carros alegóricos, grupos de bombos, cabeçudos, gigantones, fanfarras, bandas, ranchos folclóricos e espectáculos variados. 

 

 Aqui ficam algumas fotos do cortejo deste ano:

 

1.jpg

2.jpg

3.jpg

4.jpg

5.jpg

6.jpg

7.jpg

8.jpg

9.jpg

10.jpg

11.jpg

12.jpg

13.jpg

14.jpg

16.jpg

17.jpg

19.jpg

 Fotos: Carlos Portugal

 

Post também publicado aqui.

Benefícios do sexo

Vejam qual é o vosso problema e escolham a cura ;)

 

Foto de Naturologia Brasil.
 

Ter relações sexuais é bom para o corpo, mas os benefícios podem depender de quantas vezes é feito. Assim, os cientistas dizem:

 

UMA VEZ POR SEMANA
Beneficiado: o peso

O sexo faz com que seu cérebro libere ocitocina, que promove o sono. Ou seja,  quanto mais dormimos, mais calorias queimamos. Assim,  a hormona  que regula o sono e a fome não vai permitir que se coma mais do que se precisa.

 

DUAS VEZES POR SEMANA
Beneficiado: o sistema imunitário

Casais que fazem sexo duas vezes por semana ou três possuem 30% mais proteínas, imunoglobulinas que protegem  de várias doenças. Os investigadores acreditam que os efeitos do sexo   no humor têm um papel muito importante em mantê-lo saudável.

 

TRÊS VEZES POR SEMANA
Beneficiado:o coração

O sexo melhora a circulação sanguínea no coração. Os casais que fazem sexo três vezes por semana têm um risco menor de ataque cardíaco.

 

QUATRO VEZES POR SEMANA
Beneficiado: a pele

Aqueles que fazem sexo quatro vezes por semana são sete anos mais jovens do que aqueles que praticam apenas uma vez por semana. Isto acontece porque o sexo produz hormonas de crescimento que não só removem a gordura, mas também benéficos para a pele, as unha e para o cabelo.

 

CINCO VEZES POR SEMANA
Beneficio: a auto-estima

O sexo frequente está relacionado com a energia, o foco e o otimismo.

 

SEIS VEZES POR SEMANA
Beneficiado: o cérebro

Para se fazer sexo 6 vezes por semana, não só tem que estar em boa saúde física, mas também possuir uma boa saúde mental. Assim, o sexo melhora a circulação cerebral sanguínea e a produção de hormonas que libertam serotonina, endorfina, e dopamina, que dão um impulso à nossa capacidade intelectual. Ajuda até mesmo na criação de novos neurónios.

 

SETE VEZES POR SEMANA
Beneficiado: Seu humor

O sexo regular diário reduz a ansiedade e produz endorfinas, que farão pessoas seres mais felizes e mais saudáveis do planeta.

 

 

 

Salada Russa

Chega o calor e a Salada Russa, em muitos lados chama-se Salada Fria, é feita muitas vezes cá em casa. Mas tem que ser feita com tempo, pois nós gostamos dela fria, de preferência gelada.

 

IMG_1503.jpg

IMG_1504.jpg

 

Receitinha: 

 

Batatas 

Cenouras

Ervilhas

Atum

Tomate

Cebola

Azeitonas

Alface

Ovos

Pickles

 

Coza as batatas cortadas aos cubos, assim como a cenoura, os ovos e as ervilhas. Depois de cozidas, escorra e deixe arrefecer. Depois de frio,coloque numa travessa e por cima reparta o atum e os ovos cozidos às rodelas. Junte o tomate às rodelas, a cebola, os pickles, as azeitonas e por cima a alface. 

Leve ao frio e sirva acompanhado de maionese, caseira ou de compra.

 

Bom Apetite!!

 

 

Sabe a idade do seu cão?

LUka.jpg

 Luka

 

É do conhecimento geral que 1 ano de um cão corresponde a 7 anos humanos.  Porém, não é bem assim, pois há que ter em conta outros fatores, como o tamanho e o peso.

Assim, os cães de maior porte crescem mais lentamente mas podem ser considerados idosos aos 5 anos. Ao contrário,  os cães mais pequenos crescem mais rápido e ficam idosos mais tarde.

Um estudo realizado pela BBC UK determinou que para calcular a idade de um cão é necessário ter em conta alguns fatores:

  • Cães de raça pequena têm um período curto de juventude e uma longa vida adulta
  • Cães de raça grande são o oposto, demoram cerca de dois anos para adquirir totalmente sua forma adulta mas tornam-se séniores mais cedo
  • Cães de raça pequenas vivem mais do que cachorros de raça grandes

 

Se quiserem saber a idade dos vossos amigos é só responderem a este Questionário.

 

Eu já descobri que o meu Luka tem 32 anos.... Tem quase a minha idade e eu ainda lhe chamo bebé!

Aqui fica uma foto de quando era mesmo uma bebezinho.... parecia um santinho! ;)

 

luka 2.jpg

 

FONTE

Trombose e S.F.L.

Estas informações que correrm pela net são sempre muito importantes e podem realmente salvar vidas e ajudar quem necessita. 

Assim, hoje trago-vos uma forma de identificar a Trombose, doença cada vez mais recorrente nos dias de hoje. Para isso, nunca se esqueçam destas 3 letras S.F.L.  e assim poderão ajudar a identificar os seus sintomas.

Trombose.jpg

 

Mas fiquem primeiro com esta história: 

Durante um piquenique, uma senhora teve uma tontura, tropeçou e caiu - ela assegurou a toda a gente que estava bem, apenas tinha tropeçado por causa dos sapatos novos. Mas ela ficou um pouco pálida e abalada. Os amigos limparam-na e arranjaram-lhe um novo prato de comida. Josefina continuou a conviver o resto da tarde, embora pálida ! O marido de Josefina telefonou mais tarde para dizer a toda a gente que a sua mulher estava no hospital, tendo falecido mais tarde. Ela teve uma trombose, durante o piquenique. Se os amigos tivessem sabido identificar os sinais da trombose, talvez a Josefina ainda estivesse viva. Algumas pessoas não morrem... ficam incapacitadas e com graves sequelas. Leva apenas 1 minuto a ler isto... O neurologista diz que se ele conseguir chegar até à vitima de uma trombose nas 3 horas subsequentes, ele pode reverter totalmente os efeitos da trombose totalmente . Ele diz que o mérito está em reconhecer os sinais da trombose, diagnosticar e obter assistência médica no prazo de 3 horas. Esta poderá ser a parte mais difícil, mas há que tentar, chamando o INEM e sabendo relatar-lhes o acidente e os sintomas.

 

Então, mas como podemos reconhecer uma Trombose?

Seguindo uma mnemónica muito simples, S.F.L., poderemos ajudar a evitar acidentes mais graves. 

Os médicos dizem que a pessoa pode reconhecer um acidente de trombose fazendo 3 pedidos muito simples:

  • S.  - Peça ao acidentado para Sorrir
  • F. -  Peça ao acidentado para Falar, dizendo uma frase simples e coerente , como por exemplo "Está um dia lindo"
  • L. - Peça para Levantar os dois braços.

Caso o acidentado tenha dificuldade em fazer alguma destas três coisas, chama o 112 imediatamente e descreve os sintomas a quem atender.

Além disto, há mais um sinal de Trombose,  para isso peça ao doente para pôr a língua de fora.  Se a língua estiver torta ou a cair para um lado, isso é sinal de uma trombose.

 

 

Trombose: é a formação de um coágulo sanguíneo em uma ou mais veias, normalmente das pernas e das coxas. Esse coágulo bloqueia o fluxo de sangue e causa inchaço e dor na região. O problema começa quando o coágulo se desprende e movimenta-se na corrente sanguínea, num processo chamado de embolia. Uma embolia pode ficar presa no cérebro, nos pulmões, no coração ou em outra área, o que leva a lesões graves.

Uma visita à Serra da Estrela

A nossa Serra da Estrela, que fica aqui tão perto de mim, e que vou lá tantas vezes. Uma maravilha de passeio, tanto no verão como de inverno... tanto para um piquenique, como para um almoço de família com as iguarias regionais... tanto para dar um mergulho, como para dar um trambolhão a esquiar... tanto para passear, como para trabalhar... tanto para ir de carro ou mota descansada, como subi-la de bicicleta muito estafada... tanto para caminhar, como deitar e descansar!

Isto é um resumo do que já fiz na Serra da Estrela. É para terem uma ideia do que se pode lá fazer. 

E fiquem agora com umas imagens lindíssimas da nossa magnífica Serra da Estrela:

Serra_da_Estrela.002.jpg

 

Serra_da_Estrela.003.jpg

 

Serra_da_Estrela.004.jpg

 

Serra_da_Estrela.005.jpg

 

Serra_da_Estrela.006.jpg

 

Serra_da_Estrela.007.jpg

 

Serra_da_Estrela.008.jpg

 

Serra_da_Estrela.009.jpg

 

Serra_da_Estrela.010.jpg

 

Serra_da_Estrela.012.jpg

 

Serra_da_Estrela.013.jpg

Serra_da_Estrela.014.jpg

 

Serra_da_Estrela.015.jpg

 

Serra_da_Estrela.016.jpg

 

Serra_da_Estrela.017.jpg

Serra_da_Estrela.018.jpg

 

Serra_da_Estrela.019.jpg

 

Serra_da_Estrela.020.jpg

 

Serra_da_Estrela.021.jpg

 

 Fotos retiradas da net.