Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Começaram ontem os Jogos Paralímpicos e as  maior parte das pessoas nem sequer sabe, pois a importância que os nossos media lhes dão é muita pouca. Aposto que só se vai ouvir falar daqueles super atletas (porque é isso que eles são) se ganharem alguma medalha. Isto enoja-me profundamente e faz-me ter vergonha do meu país.  

Conheço pessoalmente alguns atletas que irão competir, nomeadamente um que foi aluno do meu marido e foi encaminhado por ele para o Atletismo pois viu que ele tinha "jeito para a coisa". E ainda bem que assim foi. Vejo-o muitas vezes a treinar, às vezes sem condições nenhumas, e sei bem as dificuldades que passa a vários níveis. É campeão Europeu e escusado será dizer que os apoios que recebe são quase nulos, assim como para tantos outros que ali estão a representar-nos. Resta-lhes a vontade, a humildade e a esperança. Mas são felizes a representar o nosso país e isso sim, enche-me de orgulho...

 

atletas.jpg

 Os nossos 37 atletas

 

A todos eles desejo muita Boa Sorte e que sejam Felizes!

 

No outro dia li uma "mensagem" aos portugueses do Vitor Gamito e não podia estar mais de acordo, acrescentando apenas que os Paralímpicos também merecem o nosso total apoio e atenção. 

 

Mas fiquem com a tal mensagem:

Um País Amador quer Medalhas Profissionais

 

Um país que está a anos luz das infraestruturas desportivas de outros países, quer medalhas olímpicas…

Um país que só pensa em futebol, quer medalhas olímpicas…

Um país que tirou horas à disciplina de educação física, quer medalhas olímpicas…

Um país que retirou a educação física da média para o ensino superior, quer medalhas olímpicas…

Um país que despreza a educação física no 1º ciclo, quer medalhas olímpicas…

Um país em que os principais eventos do desporto escolar encaixotam professores e alunos em salas de aula para dormir, quer medalhas olímpicas…

Um país onde os alunos têm cargas letivas brutais e para conciliarem a prática desportiva são obrigados a chegar a casa às 20, 21, 22 horas e ainda têm que ir estudar para o teste que aí vem, quer medalhas olímpicas…

Um país onde a maioria dos professores e pais não tem cultura desportiva, onde se marca aulas e testes em cima dos treinos do Desporto Escolar, quer medalhas olímpicas…

Um país que não gosta de desporto, gosta do “palco”, da festa, do sucesso, e prefere passar horas a discutir se foi ou não penalti, quer medalhas olímpicas…

Um país em que são os pais a suportar as despesas do sonho olímpico desde tenra idade, quer medalhas olímpicas…

Um país em que os seus atletas viajam em “low cost”, dormem nos aeroportos, são completos amadores, quer medalhas olímpicas…

Olhem para a Espanha, olhem para os Estados Unidos, olhem para Inglaterra, olhem para tantos outros e depois questionem-se se realmente queremos medalhas olímpicas…

Olímpicos, ignorem a ignorância e o ruído, sois o verdadeiro exemplo de amor à pátria e cada lágrima, cada gota de suor é cristalina, pura e honesta. Sois uns heróis e quem tem dois dedos de testa tem noção do que abdicaram para chegar onde chegaram.

O meu/nosso muito obrigado!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Imagem de perfil

De Receitas fáceis rápidas e saborosas a 09.09.2016 às 01:28

Muita sorte aos nossos queridos atletas, força Portugal!
Beijinhos :)
http://www.receitasfaceisrapidasesaborosas.pt/
Sem imagem de perfil

De Magui Ferreira a 09.09.2016 às 12:21

Excelente artigo e, infelizmente tão verdadeiro. A culpa passa por todos nós, que "deixamos andar".
Estes nossos atletas já deram muitas provas do seu valor, não só desportivo, como humano, pois quem treina sem apoios e sem condições, são pessoas de grande coração e tenacidade.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D