Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

 

hiperatividade.jpg

 

Cada vez mais miúdos, crianças e até bebés começam a tomar a  famosa "Ritalina". Eu só faço uma pergunta:

Então mas agora são todos hiperativos?

Que engraçado, na minha altura não se ouvia essa palavra, nem havia esses problemas. Brincávamos na rua, esgotávamos as energias todas e depois nas aulas estávamos mais sossegados e atentos porque sabíamos que nos intervalos e quando chegássemos a casa podíamos brincar à vontade. Correr, saltar, subir, descer, cair, levantar, etc...

A meu ver, não é normal que numa turma de 20 alunos do 1º ano, todos com 6 anos, 1/4 seja hiperativo. A resposta é sempre a mesma:

"Eles não param quietos"...

Pois não, claro que não! Não os deixam correr, saltar, subir, descer, cair, levantar, e depois querem que eles parem quietos dentro da sala de aula ou em casa.

Eles são crianças, têm energia para dar e vender e têm de as gastar com diferentes atividades. Até eu não parava quieta se me pusessem sentada numa sala de aula, a realizar os trabalhos escolares, a ouvir um adulto durante 8h por dia, 5 vezes por semana, ou em casa a ver bonecada ao fim de semana.

Depois os casos da falta de educação. É mais fácil chamá-los de hiperativos do que mal educados, pois assim os pais descartam-se dessa responsabilidade - "EDUCAR OS FILHOS"

Ontem fiquei triste! Uma aluna com 6 anos, sem reação, adormecida de corpo e alma pelo medicamento da moda. Só porque falava pelos cotovelos e os pais já não a conseguiam ouvir. Diagnóstico: Hiperatividade, claro!

Deixem os miúdos brincar, correr, saltar, rir, chorar, cair, levantar e se for preciso partir a cabeça, pois só assim é que eles irão gastar as energias e serem realmente felizes.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Imagem de perfil

De Just_Smile a 17.12.2015 às 14:04

Pela minha experiência, o diagnóstico agora é todo hiperactividade, e eu que só penso: coitadinhas das crianças, apenas são crianças e criam-lhes doenças...

Comentar:

De
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.
Comentário
Máximo de 4300 caracteres
Inserir emoticons



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D




subscrever feeds